Deu Apocalipse na novela Apocalipse

Até que vinha bem as novelas da Record: Os dez mandamentos e a Terra Prometida.

Mas quando a Emissora inventou de mudar os rumos do que está escrito no último livro da Bíblia escrito por João, uma espécie a "besta fera" começou a soltar bola de fogo e destruir a audiência que prometia ir pelas alturas celestiais.

Com um mês, a "ira de Deus" caiu como "as sete pragas" conforme reza o Capítulo 15.

Motivos: Ao fugir do script bíblico, que garantiu o sucesso das novelas anteriores, o autor, orientado pela fúria da Igreja Universal do Reino de Edi Macedo, atacou fortemente a igreja católica, vinculado-a a um imaginário Anti Cristo.

Recebeu o castigo na hora.

A audiência desabou e dos quatro patrocinadores ainda resta um: Protex, que adeptos de outras religiões preferem tomar banho com sabão em barra.

Os índices não passam de 6 pontos. Até a reprise dos 10 mandamentos atinge 7 pontos.

Agora ficou ruim. A novela distanciou-se das mensagens do apóstolo João, escritor do apocalipse, que foi direto:

"Ficarão de fora da árvore da vida os feiticeiros e os que se prostituem e comete a mentira".

A novela Apocalipse vive um juízo final.

Sou mais o Valeu o  boi.